Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É mesmo surreal ou nem por isso?

É mesmo surreal ou nem por isso?

Mais um post destes!

Eu sou muito fraco. E lá vou eu a pensar que ia sair por aquela porta de mão dada. 

Pois claro que hoje vou dormir cedo, afinal estive a ver o GOT E1 T8 até às 3:00 da manhã.

Ja não tenho idade para estas brincadeiras....

Porra. Acorda.

Damn!

“It’s easy to take off your clothes and have sex. People do it all the time. But opening up your soul to someone, letting them into your spirit, thoughts, fears, future, hopes, dreams… that is being naked.”


― Rob Bell

Atração NUA

Ontem vi o programa mais escaganifobetico que já alguma vês tinha visto.

Um sujeito ou uma sujeita, selecionam entre um painel de 6 pessoas do mesmo género ou não, um candidato a namoro. Este candidato é apresentado a partir dos genitais (  ) Primeiro apresentam os genitais, depois o tronco e posteriormente a cara e a voz.

No final, aquele que escolhe vai decidir entre os (as) dois restantes com que fica, mas também ele(ela) nus.

 

HAHAHAHAHAHAH

Anda tudo tolo!!!!!

Surrealismo

Segundo a Wikipedia, surrealismo é :

As características deste estilo: uma combinação do representativo, do abstrato, do irreal e do inconsciente. Entre muitas das suas metodologias estão a colagem e a escrita automática. Segundo os surrealistas, a arte deve libertar-se das exigências da lógica e da razãoe ir além da consciência cotidiana, procurando expressar o mundo do inconsciente e dos sonhos.

 

Tambem pode ser: ABSURDOBIZARROESTRANHO


"surreal", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/surreal [consultado em 15-05-2018].
 
Assim sendo, este blog tem que possuir qualquer coisa de fora do normal, eu diria mesmo estratosférico. O mundo visto de cima, como se planassemos sobre aquilo que vemos e/ou não fossemos deste mundo.
 
Vou fazer este exercício para limpar a minha mente envelhecida das dúvidas que me atacm as sinápses.
Quer-me parecer que isto será também um pouco surreal, ao tentar explicar o surrealismo com toda a racionalidade.
 
DAhhh

De regresso ao trabalho

É dura esta vida, mas é o que é.

Cá estou de volta ao trabalho e contente, pois acho que já estava a ficar farto das férias.

Daqui a nada estou a chorar pelas férias que não gozei ainda...

 

Ao olhar para trás reparo que este post é um bocado contraditório... devo estar a precisar de férias

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D